domingo, 8 de fevereiro de 2015

Random Processing Oscillator: Tiago Oliveira, Software Art for music and performance. 2015

“Random Processing Oscillator” utiliza o software SuperCollider para gerar som aleatoriamente e a linguagem Processing, e a respectiva plataforma, para manipular o mesmo som através do teclado de qualquer computador.

A ideia inicial seria gerar som através de palavras ou frases que seriam introduzidas numa caixa de texto. De seguida, o software iria interpretar cada letra como um sample e depois tocá-los repetidamente de forma ordenada. O primeiro problema que surgiu foi decidir que software utilizar, sendo que a minha primeira ideia seria usar o Adobe Flash. Ao inserir samples no Flash percebi que estes ficavam ligeiramente diferentes por algum motivo. Rapidamente decidi explorar outros softwares como o Flowstone, o SuperCollider e o Processing. 
Embora não estivesse familiarizado com as linguagens de programação utilizadas por estes softwares. mas por outro lado tendo conhecimento de outras e bases de algoritmia, decidi arriscar e experimentar estas plataformas.
Começando pelo Processing, consegui tocar samples cada vez que pressionava uma tecla e até criar diferentes grafismos e formas geométricas. Depois de desenvolver um pouco código apercebi-me que tinha de coordenar muito bem o timing de quando pressionava as teclas, muitas das vezes acabava por carregar em várias de forma aleatória e que não tinha muita variedade de diferentes sons. Decidi explorar um pouco o SuperCollider, graças a uma ideia de um colega e através de vídeos e tutoriais, fazer com que funcionasse juntamente com o Processing.
Acabei por criar um sintetizador de som no SuperCollider a partir de geradores de pulsação e de ruído, bem como efeitos. Depois, através do Processing atribuí a cada tecla alfabética do computador uma variável, incrementado ou decrementando o valor do que se quisesse modificar. Com a ideia dos samples ainda na cabeça, atribuí também um sample a algumas teclas, que são tocadas conforme o valor da amplitude gerada pelo SuperCollider.
Não satisfeito ainda com o projecto, acrescentei código no ficheiro de Processing que cria elipses de forma, posição e cor aleatória conforme o valor da amplitude e rectângulos também com forma, posição e cor aleatória cada vez que é pressionada uma tecla, criando uma composição gráfica desenvolvida tanto pelo próprio computador como pelo utilizador.
Especificações Técnicas
Este projeto foi possível graças às bibliotecas que estão disponíveis no Processing, e como esta é uma plataforma open source, consegui aceder a outras bibliotecas criadas por outros utilizadores. Utilizei a biblioteca “minim”, já incluída no Processing, que permite a integração ficheiros de som nos sketches, bem como gravação e sintetização de audio. Depois de conseguir tocar samples, precisei de uma biblioteca que fizesse a ligação entre o Processing e o SuperCollider. Foi então que encontrei um website de um sound artist, Daniel Jones, com tutoriais e alguns projetos desenvolvidos por ele (www.erase.net). Foi neste website que tive acesso às outras bibliotecas que me permitiram fazer este projecto.

Random Processing Oscillator: Software Art application for music and performance.

Projecto final desenvolvido por: Tiago Oliveira.
Aluno de Design de Comunicação Multimédia.
Ano:2015
Projecto apresentado e desenvolvido na disciplina de som da Licenciatura de Artes Plásticas Intermédia.
Sobre orientação de Hugo Paquete.
Escola Superior Artística do Porto.

Sem comentários:

Enviar um comentário